Em tarde histórica, meninas do DF chegam à semi da Copa do Brasil

Sempre presente em competições de nível nacional representando o Distrito Federal no futebol feminino, o clube Cresspom alcançou, nesta quarta-feira (28), o feito mais louvável de toda a sua história. A equipe comandada pelo técnico Marinho venceu o Vitória-PE por 2 x 0 e carimbou o passaporte para as semifinais da Copa do Brasil 2016. Esta é a primeira vez em que a modalidade no DF alcança tal fase da competição. Anteriormente, a Ascoop chegou até as quartas de final, em 2010.

A partida começou em ritmo lento, devido o forte calor que assolou a tarde sobradinhense. Porém, ainda assim, o Cresspom se comportou ligeiramente melhor nos instantes iniciais. Deste modo, aos 18 minutos, a atacante Maiara ficou livre e arrematou, mas chutou fraco e a goleira rival defendeu com facilidade.

Pouco depois, no ataque seguinte, novamente Maiara na conclusão, mas a camisa nove carimbou o travessão das oponentes. A essa altura o time da casa passou a tomar conta das ações do jogo. Enquanto isso as visitantes se defendiam como podiam, sem conseguirem chegar à frente, em busca do gol que necessitavam.

De tanto insistir, aos 34 minutos, o Cresspom ampliou a vantagem que já era de 1 x 0 pelo resultado na partida de ida. Após boa triangulação do ataque candango, Driely acertou belo chute de fora da área, sem chances para a goleira Ana, do Vitória-PE. Novo 1 x 0 até o momento, resultado que colocava as meninas do DF entre as quatro melhores da competição. E o primeiro tempo ficou nisso.

Mal começou a etapa complementar e o Cresspom por pouco não aumentou o placar. Com três minutos do cronômetro percorridos, a defensora Testa recebeu quase debaixo das traves do Vitória, mas a bola subiu demais e saiu pela linha de fundo. Aos 12’, Bruninha acertou a trave direita do Vitória com o gol livre.

Durante toda a etapa final, o duelo ficou truncado, com as equipes arriscando-se pouco. No entanto, para selar a classificação com chave de ouro. Dany Helena, a artilheira do Cresspom com sete gols na competição, ampliou o marcador, aos 47 minutos. Em cobrança de escanteio, a goleadora subiu e escorou para o fundo das redes, 2 x 0 e fim de papo.

Agora, com a classificação inédita garantida, o elenco do Cresspom aguarda o sorteio que será realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para conhecer as adversárias das semifinais. Os outros confrontos são: Audax-SP x Flamengo-RJ, São José-SP x JV Lideral-MA e Foz Cataratas-PR x São Francisco-BA.

FICHA TÉCNICA

Copa do Brasil Feminino 2016
Estádio Augustinho Lima, Sobradinho – DF
Quarta-feira, 28/9/2016 – 15h
Árbitro: Rafael Diniz
A1: Daniela Oliveira
A2: Leila Cruz
4º árbitro: Wales Martins     

CRESSPOM 2 x 0 VITÓRIA-PE

Mariel
Buga
Testayellow-card
Bruna
Sorriso
Flávia
Drielygoal 34’/1T arrow-rightarrow-leftJajá
Thaynara
Dany Helenayellow-cardgoal 47’/2T
Bruninha
Maiara
Ana
Hayannearrow-rightarrow-leftPintinhoyellow-card
Dani Rezende
Thamires
Amanda
Veraarrow-rightarrow-leftAdila
Milena
Karen
Gi
Juliana
Érica
 Técnico: Robson Marinho  Técnico: Macarena Deichler
Gol:goal Cartão Amarelo:yellow-card Substituições:arrow-rightarrow-left

 

Por Haland Guilarde

É vedada a cópia deste material em partes ou no todo, mesmo com a citação da fonte. Textos, fotos, artes e vídeos do Esporte Candango estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral – LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Esporte Candango Comunicação, Produção e Marketing Ltda. As regras têm como objetivo proteger o investimento que o Esporte Candango faz na qualidade de seu material. Se tiver interesse em copiar trecho de texto do Esporte Candango ou imagens somente para uso privado ou compartilhar o link de qualquer material publicado, por favor entre em contato pelo e-mail: [email protected]. Os infratores estarão sujeitos às sanções legais previstas na legislação em vigor.

Esporte Candango