Jorginho fala em ‘alívio’ após acesso e não confirma permanência para 2017

O técnico Jorginho, muito elogiado pela torcida no início da campanha na Série B, chegou a ser criticado no último duelo da equipe, que selou o acesso do Vasco à Série A do Campeonato Brasileiro. O time cruz-maltino venceu o Ceará por 2 a 1, de virada, e espantou as chances de permanecer na segundona.

Para o comandante, as vaias recebidas pelo time são aceitáveis, já que a equipe não apresentou um bom futebol. Jorginho ainda elogiou os torcedores e falou que se sente aliviado após o triunfo.

“Foi difícil de dormir, uma pressão enorme no Maracanã. A vitória foi um alívio. Quero dizer que fiquei muito feliz com a torcida. Realmente, a torcida passar pelo que passou e lotar o Maracanã é uma demonstração de amor e fidelidade. Normal existir vaia, saímos perdendo. Mas estou impressionado com a força da torcida e eles foram decisivos nesta vitória”, declarou.

O treinador não confirmou sua permanência na equipe carioca para a próxima temporada. Jorginho afirmou que existem “vozes internas” que tentam barrar sua manutenção, mas que irá falar com o presidente Eurico Miranda.

“Eu vou conversar com o presidente para poder ver aquilo que é melhor para mim e para o Vasco da Gama. Há vozes, infelizmente, que não se cansam de tentar atrapalhar o trabalho, sempre estão rondando ali, tanto fora, quanto dentro. Por isso que há a necessidade de termos uma conversa para saber, para que cheguemos em uma melhor solução para o ano que vem”, afirmou.
Jorginho fala em ‘alívio’ após acesso e não confirma permanência para 2017
Publicado em 27/11/2016, 10:32 /Atualizado em 27/11/2016, 10:32Gazeta Press
Compartilhar ‘Jorginho fala em ‘alívio’ após acesso e não confirma permanência para 2017′ Compartilhar ‘Jorginho fala em ‘alívio’ após acesso e não confirma permanência para 2017′ Compartilhar ‘Jorginho fala em ‘alívio’ após acesso e não confirma permanência para 2017′

Jorginho exalta Thalles: ‘Eu fui um pai para ele’
O técnico Jorginho, muito elogiado pela torcida no início da campanha na Série B, chegou a ser criticado no último duelo da equipe, que selou o acesso do Vasco à Série A do Campeonato Brasileiro. O time cruz-maltino venceu o Ceará por 2 a 1, de virada, e espantou as chances de permanecer na segundona.

 

Saiba Mais
Herói do acesso, Thalles concorda com vaias da torcida e exalta gols
Com vaias e drama, Vasco vira contra o Ceará e sobe para a Série A
Para o comandante, as vaias recebidas pelo time são aceitáveis, já que a equipe não apresentou um bom futebol. Jorginho ainda elogiou os torcedores e falou que se sente aliviado após o triunfo.

“Foi difícil de dormir, uma pressão enorme no Maracanã. A vitória foi um alívio. Quero dizer que fiquei muito feliz com a torcida. Realmente, a torcida passar pelo que passou e lotar o Maracanã é uma demonstração de amor e fidelidade. Normal existir vaia, saímos perdendo. Mas estou impressionado com a força da torcida e eles foram decisivos nesta vitória”, declarou.

Gian e Alê Oliveira defendem Jorginho: ‘É o último dos problemas do Vasco’
O treinador não confirmou sua permanência na equipe carioca para a próxima temporada. Jorginho afirmou que existem “vozes internas” que tentam barrar sua manutenção, mas que irá falar com o presidente Eurico Miranda.

“Eu vou conversar com o presidente para poder ver aquilo que é melhor para mim e para o Vasco da Gama. Há vozes, infelizmente, que não se cansam de tentar atrapalhar o trabalho, sempre estão rondando ali, tanto fora, quanto dentro. Por isso que há a necessidade de termos uma conversa para saber, para que cheguemos em uma melhor solução para o ano que vem”, afirmou.

Principal candidato ao título no início da competição, o Vasco termina a Série B de 2016 na terceira colocação. Apesar de ter liderado o campeonato por muitas rodadas, a equipe foi inconstante no segundo turno e acabou deixando a conquista escapar.

“Não queríamos fazer parte de uma história ruim, que seria permanecer na segunda divisão. Alívio é grande, momento de gratidão, nunca desisti do meu time. Se pudermos tirar de lição este jogo, a palavra é perseverança. Esperávamos subir com tranquilidade e nossa perseverança fez com que mudássemos a partida no segundo tempo e alcançarmos a vitória”, disse Jorginho.

Com informações do UOL

Esporte Candango