Brasília vence e pode terminar turno entre as quatro melhores

O Brasília Vôlei recebeu o São Caetano para a última partida do turno da 1ª Fase da Superliga 2016/2017 nesta quarta-feira (21), no ginásio do Sesi, em Taguatinga. Com o resultado de 3 sets a 2 (parciais de 25 x 27, 14 x 25, 25 x 19, 25 x 16 e 15 x 10), a equipe da Capital Federal terminou o ano na luta pela ponta da tabela, com 23 pontos conquistados. A central Vivian foi a melhor da partida e recebeu o troféu Viva Vôlei.

Em quadra com Roberta, Paula Pequeno, Macrís, Andréia, Amanda, Vivian e Silvana, o time mandante começou arrasador, abrindo 4 x 0 no primeiro set. No entanto, as visitantes equilibraram o duelo e fizeram uma parcial em condições de igualdade. Assim, após diversas trocas de pontos durante todo o período, o time paulista venceu por 25 x 27.

No segundo set foi a vez do São Caetano começar abrindo boa vantagem (0 x 3). Porém, ao contrário do que ocorreu na parcial anterior, as paulistas não deixaram as donas da casa encostarem no marcador e fecharam em um arrasador 14 x 25. Assim, as visitantes se aproximaram do encerramento do duelo.

Entretanto, embora não fizessem uma boa partida, as jogadoras do Brasília Vôlei foram em busca da reação no embate com as paulistas. Com ajustes em quadra e colocando os ânimos no lugar, as mandantes fizeram valer a melhor colocação na tabela de classificação da Superliga e venceram o terceiro set por 25 x 19.

Dispostas a mostrar que a vitória era possível, as atletas da equipe candanga continuaram o quarto set no mesmo ritmo do anterior. Assim, abriram logo 16 x 5 para cima das oponentes. Deste modo, aproveitando o apoio que passou a vir das arquibancadas, elas se empolgaram e fecharam em 25 x 16, empatando o jogo em 2 sets a 2.

O tie break foi repleto de emoção. Enquanto o público incentivava, as jogadoras se empenhavam em quadra para retribuir o apoio. Assim, após novos momentos de altos e baixos, o Brasília superou o time de São Caetano por 15 x 10, encerrando o confronto em 3 sets a 2.

“Começamos muito mal, mas elas tiveram mérito. No decorrer da partida conversamos e entendemos que precisávamos virar o placar, pois não seria justo, depois da campanha que fizemos, terminar o ano com derrota dentro de casa. Agora é buscar corrigir os erros para não acontecerem mais esses vacilos”, ressaltou a melhor em quadra, Vivian, do Brasília Vôlei.

A próxima partida do Brasília, válida pelo início do returno da 1ª Fase da Superliga 2016/2017, será realizada em 7 de janeiro, contra o Pinheiros-SP, no ginásio do Sesi, em Taguatinga.

Por Haland Guilarde

Esporte Candango