Piquet volta a pontuar na Fórmula E, apesar de tempo perdido no pit-stop

Nelsinho Piquet voltou a pontuar na Fórmula E. O brasiliense recebeu a bandeirada do ePrix mexicano em nono lugar e conquistou mais um par de pontos, após largar em 16o. Mas o resultado poderia ter sido melhor se não tivesse acontecido novamente um problema no pit-stop para troca de carro do NextEV.

Depois de figurar no top10 no treinos livre, Piquet teve azar na tomada de tempo, quando acabou sendo obrigado a qualificar o carro #3 com apenas uma volta lançada, prejudicado pelo acionamento de bandeira amarela em seu grupo no quali.

Promovido de 19o e penúltimo no grid para 16o por punições impostas a outros competidores, Nelsinho largou bem e avançou para 14o na primeira volta.

Quando entrou no box, além da metade da prova, Piquet já figurava na zona de pontos.

Mas sua parada foi longa e ele retornou no fim do pelotão, em 19o.

No segundo stint o primeiro campeão da Fórmula E galgou nove posições. Mas saiu da capital mexicana com a sensação de que poderia ter feito mais.

“Novamente tivemos problemas de estratégia e um pit-stop longo demais. Saio frustrado porque poderia ter chegado entre os cinco, talvez até no pódio. Mas sinto mais ainda pela quebra do carro do Oliver (Turvey), que largou da pole e estava muito bem na liderança quando foi forçado a abandonar”, comentou Piquet.

Com os pontos somados no México, Nelsinho agora entrou no top10 do campeonato. Ele ocupa a nona posição, com 15 pontos após quatro etapas.

A próxima corrida acontece em Mônaco, no dia 13 de maio.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Esporte Candango