Fla começa fulminante, leva sufoco do Atlético-PR, mas sai com vitória e liderança

No primeiro encontro de brasileiros na Libertadores 2017, Flamengo e Atlético-PR tinham em comum muito mais que as cores rubro-negras. Com desfalques importantes, ambos buscavam uma vitória para ter tranquilidade na fase de grupos da competição. Diante de um Maracanã lotado, com direito a mosaico 3D lembrando o título de 1981, o Fla encaminhou o triunfo com gols de Guerrero e Diego nos primeiros minutos, mas viu o Furacão descontar no segundo tempo com Nikão e ensaiar uma busca pelo empate, tendo gol bem anulado nos minutos finais. No fim, o time da casa conseguiu segurar o placar de 2 a 1, para alívio dos quase 60 mil torcedores que compareceram ao estádio.

O Flamengo começou a partida com uma surpresa na escalação. Por um problema intestinal, Mancuello foi sacado. Com isso, Trauco foi adiantado e Renê entrou na lateral esquerda. E logo aos 6 minutos, o peruano fez um lindo lançamento para Guerrero, que dividiu com Weverton e contou com falha de Thiago Heleno para escorar de cabeça e abrir o placar. O rubro-negro carioca estava fulminante no início. Aos 15, Arão avançou pela direita e cruzou, Diego chutou colocado no ângulo e anotou o segundo. O meia, aliás, estava com o pé calibrado. Aos 26, acertou a trave em outro chute de fora da área. O Atlético-PR mostrava dificuldades para equilibrar a partida e pouco ameaçava.

O time da casa começou a segunda etapa da mesma forma, pressionando o rival. Mas aos 14 minutos foi o Furacão que chegou ao gol. Em jogada trabalhada, Douglas Coutinho encontrou Nikão – em posição de impedimento – que empurrou para o fundo da rede e diminuiu. Aos 20, a situação complicou ainda mais para o Fla, com a saída de Diego, machucado após torcer o joelho. Embalado com o gol, o Atlético-PR começou a chegar com mais frequência ao ataque e chegou a balançar a rede em gol corretamente anulado por posição irregular. Mas o Fla conseguiu se reposicionar, controlou o jogo nos minutos finais e segurou o resultado.

Com a vitória sobre o Atlético-PR e o empate entre Universidad Católica e San Lorenzo na outra partida da noite, o Flamengo assumiu a liderança isolada do Grupo 4 com seis pontos. O Furacão é o terceiro, com quatro pontos, um a menos que o time chileno. Os argentinos estão na lanterna com apenas um. Fla e Atlético voltam a se enfrentar no dia 26/04, pela quarta rodada.

Com informações do UOL

Esporte Candango